Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Hoje mais um post sobre a lua de mel:) Continuamos na Provence!

Depois de Aix, visitamos várias cidadezinhas na região (tudo de carro, como já disse no outro post). Achei bem difícil selecionar as cidades pra visitar, pois são tantas! E As opiniões das pessoas diferem muito com relação à quais são os melhores lugares… por exemplo, visitamos cidades em que no período de 1h já queríamos ir embora, mas lemos relatos de pessoas que gastaram dois dias ali. Conclusão: é difícil dizer com certeza quais são as melhores cidades, por isso vou contando um pouco de cada lugar que visitamos e vocês tiram suas conclusões:)

Dia 01: Aix en Provence e Avignon

Nesse dia acordamos cedo e fizemos o city tour por Aix (falei dele no post anterior). Depois disso andamos pelo bairro antigo e conhecemos a cidade melhor. Decidimos partir para a próxima cidade pois ainda teríamos tempo de explorar Aix, já que estávamos hospedados ali.

Avignon

Partimos para Avignon! A cidade é muito conhecida por ter sido residência dos Papas da Igreja Católica, e foi palco de um dos grandes conflitos da história: A Cisma Papal, ou Cisma do Ocidente, quando dois Papas tomaram para si o poder da Igreja Católica ao mesmo tempo – em lugares diferentes (um em Roma e outro em Avignon).

Por este motivo, ali existe um grande castelo: O Palácio dos Papas, que juntamente com a Ponte de Avignon são os principais pontos turísticos da cidade. Você pode comprar um só ingresso para visitar ambos, mas eu não aconselho… vou explicar por que:

Sobre o Palácio dos Papas, nós decidimos entrar. Acabamos não gostando muito, pois o lugar é muito grande e o passeio demora demais, então gastamos muito tempo e energia ali, sendo que além de tudo achamos a visita meio monótona… rsrsrs. É uma opinião bem pessoal, mas eu não indicaria entrar no castelo.

A Ponte de Avignon, ou ponte de St. Bézénet foi construída de 1177 a 1185, e inicialmente ela tinha 22 arcos, mas acabou sendo danificada por enchentes e com o passar do tempo restaram apenas 4. Além disso existe uma canção francesa sobre a ponte… Apesar de ser datada da idade média é popular até hoje. Vocês podem escutar a música aqui. Comprando ingresso é possível subir na ponte, nós gostamos muito e a vista do Rhone é linda!

Além destes pontos turísticos, a cidade em si é muito bacana. Ela é cercada por muralhas, e praticamente tudo de interessante para se fazer encontra-se dentro destas. Tem muitas lojinhas com produtos provençais, adoramos!

Dia 02: Várias Cidades…

Saint Remy

Saint Remy é uma cidade bem pequena, mas super charmosa. Nas fotos acima vocês podem ver a Praça principal, com a Igreja e o Carrossel, partindo dali existem várias ruelas estreitas cheias de lojinhas. Também existem muitos restaurantes na cidade, apesar de pequena ela tem uma boa estrutura pra atender os turistas.

Les Baux

Essa foi uma das nossas favoritas! Les Baux é quase inacreditável! O vilarejo tem 381 habitantes (sim, você leu certo) e está localizada no alto de uma colina no meio das rochas, rodeada por montanhas. A vista da cidade é incrível! Parece que esse vilarejo parou no tempo, com suas construções de pedra, lojinhas e seu castelo (que um dia já abrigou nobres).

Isle Sur la Sorgue

A cidade é muito linda, mas achamos ela um pouco parada. Uma vez que entramos nas ruelas estreitas da cidade, não encontramos muitas lojas. Todo o movimento concentra-se à beira do rio, onde existem muitos restaurantes. Também vimos vários antiquários na cidade, nos domingos acontece uma grande feira de antigüidades lá:)

Gordes

Alguém aí já assistiu o filme “Um bom ano”, com Russel Crowe? Eu já, muitas vezes pois amo esse filme! A história se passa em Gordes, por isso fui cheia de expectativas conhecer a cidade! O problema com as expectativas é que muitas vezes elas causam decepção… rsrsrs

Gordes é um dos principais destinos na Provence, tanto que foi eleito um dos 152 vilarejos mais belos da França. Quando estamos chegando na cidade, existe um mirante do lado direito da pista. Dali conseguimos ver as construções de pedra que formam a cidade, e é lindo! Mas fora isso, achei a cidade meio… morta! Vejam, eu fui pra lá com a visão romântica do filme, então esperava uma cidade viva e charmosa. Enfim, já conversei com muitas pessoas que adoraram a visita, então talvez o problema fui eu! 🙂

Nas fotos: A vista da cidade, a praça e o restaurante que aparecem no filme.

Ruelas estreitas de pedra e uma bela vista da Provence. Só acho que poderiam ter mais lojinhas e restaurantes pra agitar o lugar;) rsrsrsrs

Bem pertinho de Gordes fica a Abadia de Semanque, um dos principais cartões postais da Provence. Esse mosteiro fica à beira de uma linda plantação de Lavandas, que infelizmente não tinha florescido ainda:( Mas mesmo assim o lugar é lindo… O mosteiro foi construído no séc. XII e ainda é ativo, os monges fabricam óleos de lavanda e licores.

Por hoje é isso gente:) espero que tenham gostado!

Anúncios